Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \28\UTC 2009

O último fim de semana foi bastante movimentado em Castelo, sobretudo no Parque Municipal da Pedra do Castelo, com a presença de alunos e professores de Castelo e outras cidades.

 

janoca3 Professores da U. E. Profª Janoca na parte superior da Pedra do Castelo

Os professores da Unidade Escolar Professora Janoca, levaram os alunos daquela instituição de ensino para uma aula passeio na Pedra do Castelo e Cachoeira das Arraias. Na ocasião o condutor Robson Miguel, Presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR, falou ao grupo que qualquer obra ou projeto a ser desenvolvido na área do Parque, tem de ser discutido com a população do entorno, bem como a população da cidade em geral, para que todos tomem conhecimento e dêem sugestões a serem implantadas. O tema foi inserido no contexto devido a uma obra de melhoria na infra-estrutura do parque, que deverá ter início nos próximos dias, sem que o projeto tenha sido apresentado à sociedade castelense, fato que não podemos aceitar, para evitar críticas futuras. A hora de fazer algo é agora, enquanto ainda há tempo.

janoca1 Condutor Robson Miguel com alunos castelenses

janoca5

Piscina natural na Cachoeira das Arraias

Outras duas escolas também estavam presentes no parque. Uma da cidade de Boa Hora-PI, devidamente acompanhada pelo condutor Naldo Rodrigues, membro da CONDATUR.

A outra escola, Escola Risonha, de Teresina, trouxe um grupo de alunos do Ensino Fundamental, e mesmo tendo feito contato telefônico com a Diretoria da CONDATUR, afirmou que só viria após o dia das crianças. Para surpresa geral, a escola chega à Pedra do Castelo no sábado (26/09), oportunidade em que foi abordada pelo Presidente da Associação, que indagou qual condutor estava responsável pelo grupo. As professoras explicaram que haviam feito contato com o vigilante do parque, e que este os acompanharia, o que não é o ideal, já que o vigilante é a única pessoa encarregada da segurança do local, e nem sempre pode ser encontrado facilmente, tendo em vista os 266 hectares de área sob a responsabilidade de um único vigilante. Foi sugerido então que a escola usasse os serviços de um condutor, ao que as professoras recusaram-se de imediato, elevando inclusive o tom de voz.

A CONDATUR recomenda fortemente que quaisquer grupos, sejam familiares ou escolas, façam um contato prévio a fim de reservar um condutor devidamente qualificado para os acompanhar, seja na Pedra do Castelo, Cachoeira das Arraias, Picos dos André ou qualquer outro atrativo escolhido. A presença do condutor é indispensável, pois esses locais são habitat de insetos como abelhas, marimbondos e outros, sendo altamente desaconselhável a visitação sem um condutor associado da CONDATUR.

Os contatos podem ser feitos através do (86) 9977-6833 (Robson Miguel) ou (86) 9978-4431 (Augusto Júnior). Aguardamos seu contato. Venha conhecer nossos atrativos turísticos.

 

MAIS FOTOS:

janoca2 Alunos na parte superior da Pedra do Castelo

janoca6

Veículos usados pelos grupos

janoca7

Condutor Robson Miguel falando aos alunos e professores presentes

janoca4

Imagem de um morcego capturada pelo Prof. Prudêncio no Salão dos Anjos.

Anúncios

Read Full Post »

A Unidade Escolar Átila Lira, da cidade de Passagem Franca-Piauí, trouxe alunos e professores a Castelo, onde permaneceram no período de 18 a 20 de setembro do corrente, para realização de aula passeio com objetivo de conhecer a história de nossa cidade, bem como seus principais atrativos turísticos.

Durante os dois dias o grupo visitou o Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo, os sítios arqueológicos da localidade Picos dos André, Museu do Tito, Igreja Matriz de Nossa Senhora do Desterro e sede da Associação dos Artesãos de Castelo – AACP.

Os condutores responsáveis foram Augusto Júnior, Igo Rafael, Jordano Bruno, Naldo Oliveira e Carlos Henrique.

 

VEJA FOTOS:

grupo_passagem_franca1 Condutor Igo Rafael com alunos na Pedra do Castelo

grupo_passagem_franca3

Condutor Jordano Bruno preparando alunos e professores para visita à Pedra do Castelo

grupo_passagem_franca4

Concentração

grupo_passagem_franca5

Foto oficial

grupo_passagem_franca7

Almoço servido na Meire Restaurante e Pizzaria

grupo_passagem_franca8

Museu do Tito

grupo_passagem_franca9

Sede da Associação dos Artesãos de Castelo – AACP

grupo_passagem_franca10

Conhecendo o artesanato castelense

grupo_passagem_franca11

Trilha para o Ninho do Urubu, sítio arqueológico da localidade Picos

Read Full Post »

c.fest

A diversidade cultural do Brasil e as diferenças entre hábitos e tradições dos povos de cada região são muito bem representadas pelas festas populares espalhadas pelo país. Festa do boi no rolete, da banana, do carneiro no buraco, da costela. Com um apelo gastronômico, os eventos reúnem, todos os anos, milhares de moradores e turistas interessados em conhecer costumes tipicamente brasileiros ou adaptações de hábitos de imigrantes.

Cachaçafest

Há cinco anos, em julho, a cidade de Castelo do Piauí (PI) promove a Cachaçafest. O evento expõe diversos tipos de cachaças produzidas no município e em outras cidades parceiras. Há ainda oficinas de drinks à base de frutas tropicais e seminários para os produtores de cachaça.

A organização da festa, sob responsabilidade da prefeitura e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), afirma que nenhuma bebida é distribuída gratuitamente e não há registro de violência no evento, que reúne de 12 a 15 mil pessoas.

 

Fonte: www.g1.com

Read Full Post »

Durante o último sábado (12/09), alunos e professores da Escola Municipal Oscar Gil Castelo Branco, da Localidade Santa Alice, município de Jatobá do Piauí, vieram conhecer os atrativos turísticos de nosso município, como parte do Projeto Descobrindo Histórias em Castelo do Piauí, elaborado pelo professor Márcio Douglas de Carvalho e tendo como público alvo os alunos da 8ª série, turmas A e B da escola citada.

 

Alunos Alunos da 8ª série da Escola Municipal Oscar Gil Castelo Branco, de Jatobá do Piauí

Durante o período da manhã o grupo esteve na localidade Picos dos André, visitando os três sítios arqueológicos que estão abertos a visitação, que são o Ninho do Urubu, a Pedra do Dinheiro e a Pedra Furada dos Picos dos André. Já durante a tarde, não poderia faltar no roteiro uma passadinha na Pedra do Castelo e Cachoeira das Arraias, responsáveis pela maior demanda de visitantes em Castelo.

 

Alunos2 Banho refrescante na Cachoeira das Arraias

Os professores que acompanharam o grupo foram Márcio Douglas, Rosymar, Lavínia, Pricila e Conceição de Maria, tendo sido conduzidos pelos condutores membros da Condatur, Edson Viana e Jair Silva, este último acadêmico do curso de História da UESPI e um dos mais experientes condutores castelenses.

 

ProfessoresProfessores Márcio Douglas, Rosymar, Lavínia, Pricila e Conceição de Maria

Condutor

Condutor Jair Silva (agachado) em meio ao grupo, no Salão dos Anjos, interior da Pedra do Castelo

Com informações de Jair Silva

Read Full Post »

No último sábado (12/09) professores, funcionários e alunos da 7ª e 8ª série da Escola Santa Angélica, de Teresina, passaram todo o dia em Castelo do Piauí. Os alunos estavam sob a responsabilidade dos professores de Geografia Neycelio e Rubens, tendo sido acompanhados pelos condutores Robson Lima, Augusto Júnior e Carlos Henrique.

 

escola_santa_angelica2 Alunos e professores durante o café-da-manhã

 

Após café-da-manhã no Restaurante e Pizzaria da Meire, o grupo partiu em direção ao principal cartão postal castelense, o Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo, onde conheceram as lendas e histórias da própria Pedra do Castelo e fizeram uma trilha até a Cachoeira das Arraias, que mesmo sem sua queda d’água devido à ausência de chuvas, não perde a exuberância. Lá todos tiveram a oportunidade de renovar suas energias, com toda segurança necessária, como uso de bóias, coletes salva-vidas e cordas delimitando a área permitida para banho.

escola_santa_angelica4 Condutor Augusto Júnior esclarecendo como será a visitação

escola_santa_angelica8

Foto oficial em frente à Pedra do Castelo

escola_santa_angelica10

Durante banho no poço formado pela Cachoeira das Arraias

Já na parte da tarde o atrativo escolhido foi a localidade Picos dos Andrés com seus sítios arqueológicos. De volta à sede municipal, também fez parte do roteiro o Museu do Tito e a II Feira de Artesanato, realizada através de uma parceria entre a Associação dos Artesãos de Castelo – AACP e a Secretaria Municipal de Assistência Social.

escola_santa_angelica12 Sítio arqueológico do Ninho do Urubu, na localidade Picos dos André

escola_santa_angelica14

Outra área do sítio arqueológico Ninho do Urubu.

Outros grupos estão agendando visitas para os próximos finais de semana, mostrando que Castelo já é um destino viável e desejado por muitos. Para montar um pacote turístico ou fazer um orçamento, contate-nos através do (86) 9977-6833 (Robson) ou (86) 9978-4431 (Augusto Júnior).

 

MAIS FOTOS:

escola_santa_angelica5 Reunidos em frente à Pedra do Castelo

escola_santa_angelica6

No teto da Pedra do Castelo

escola_santa_angelica7

Na trilha para Cachoeira das Arraias

 

escola_santa_angelica9

Na trilha para Cachoeira das Arraias

 

escola_santa_angelica13

Grupo na localidade Picos dos André

escola_santa_angelica15

Ninho do Urubu

escola_santa_angelica20

Condutor Augusto Júnior, Prof. Neycelio e Tito no Museu do Tito

escola_santa_angelica22

Alunos na Praça Getúlio Vargas, durante Feira de Artesanato, com a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Desterro ao fundo

escola_santa_angelica21

Funcionárias da Escola Santa Angélica esbanjando simpatia na Feira de Artesanato

escola_santa_angelica23

Percorrendo as várias barracas de artesanato na praça Getúlio Vargas

Read Full Post »

Nos dias 31/08 e 01/09, o Presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR, Robson Miguel, integrou uma equipe da qual também fizeram parte o Coronel Boa Visita, engenheiro responsável pelo projeto de reforma e ampliação da estrada que liga Castelo à Fazenda Enjeitado e à Cachoeira da Lembrada, e o topógrafo Fábio, que fez a demarcação com GPS de todo o trecho a ser trabalhado.

 

canion_rio_poti37 Cel Boa Visita, condutor Robson Miguel e o topógrafo Fábio, na Cachoeira da Lembrada

Essa demarcação já é resultado da visita feita pelo Secretário de Turismo, Silvio Leite e sua equipe à Cachoeira da Lembrada e cânion do rio Poti, no último dia 12 de agosto, acompanhado pelo prefeito de Castelo, Wilmar Cardoso e pelos condutores Robson Miguel e Augusto Júnior. Na ocasião o Secretário anunciou que faria um projeto de construção de uma pousada rural, estradas e pontos de apoio na região para que os turistas tivessem todo o conforto necessário durante sua visita.

A equipe chegou à sede da fazenda Enjeitado na tarde do dia 31/09, ficando hospedada na residência do casal João André e Amélia, que não mediram esforços para bem acomodar a todos.

canion_rio_poti5

Sede da fazenda Enjeitado é um casarão construído na década de 50

Na manhã seguinte, os profissionais saíram às 6:30 h da manhã, em uma caminhada de 2 km até o local conhecido como Poço da Cruz, onde embarcaram em duas canoas de pesca usada pela população local. Foram aproximadamente 8 km percorridos nas canoas, por dentro do canalão, como os pescadores conhecem o cânion do Poti, com pequenas paradas de vez em quando nas casas de pedra usadas como rancho pelos pescadores, que chegam a passar vários dias ali. O trajeto final de 2 km foi concluído a pé, após escalada em um dos imensos paredões, chegando à Cachoeira da Lembrada.

 

canion_rio_poti14Condutor Robson Miguel e o Cel Boa Vista no Poço da Cruz, aguardando as canoas 

 

canion_rio_poti4 Uma das canoas usadas pelo grupo

canion_rio_poti34

Cel Boa Visita chegando ao final do cânion, na segunda canoa

Com a sensação de missão cumprida, iniciou-se o trajeto de volta. O próximo passo será a formatação do projeto e localização no mapa da área percorrida. Semana que vem o Coronel Boa Visita e sua equipe deverão fazer a demarcação a partir da cidade de Buriti dos Montes, até a Cachoeira da Lembrada, uma vez que o projeto original prevê dois acessos, um por Castelo e outro por Buriti dos Montes. Como bem falou o Secretário de Turismo quando esteve em Castelo, “esse é um projeto audacioso que beneficiará principalmente as cidades de Buriti dos Montes e Castelo do Piauí, mas é preciso que alguém dê o primeiro passo”.

 

MAIS FOTOS:

canion_rio_poti3Uma jibóia atravessou a trilha, felizmente não é peçonhenta

canion_rio_poti9

Fábio (topógrafo) e Cel Boa Vista (engenheiro) marcando a trilha com GPS

canion_rio_poti22

Casa de pedra dentro do canal usada onde os pescadores passam a noite durante pescaria

canion_rio_poti36

Vista do cânion feita do paredão onde o grupo saiu das canoas e retomou a trilha

canion_rio_poti38

Pescadores retirando a água de dentro da canoa para iniciar o percurso de volta

Read Full Post »