Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Meio Ambiente’ Category

Na manhã de ontem (05), a Secretaria de Turismo do Estado do Piauí – SETUR, realizou na cidade de Piripiri, reunião de validação do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável – PDITS, do Polo de Teresina, no qual Castelo do Piauí está inserido, e que além deste, conta também com os municípios Teresina, Altos, Buriti dos Montes, Campo Maior, Esperantina, José de Freitas, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Pedro II, Piripiri, Piracuruca, União e Santa Cruz dos Milagres.

DSCN9971

Josias e Alexandre (Técnicos consultoria Ambiens); Doraneide Rodrigues (Coordenadora do Prodetur); Miranice (Ténica do MTur)

 

A reunião ocorreu no campus da Universidade Estadual do Piauí – UESPI e foi conduzida pela coordenadora do Prodetur (PI), Doraneide Rodrigues, com a participação da técnica Miranice, do Ministério do Turismo, bem como dos técnicos Josias e Alexandre, da empresa Ambiens, responsável pela pesquisa e elaboração do documento apresentado aos presentes.

O coordenador de turismo em Castelo, Robson Lima, estava presente, ocasião em que levantou alguns pontos que não haviam sido abordados no estudo, bem como correções necessárias, tendo em vista que o PDITS foi elaborado no ano de 2010 e só agora está sendo aprovado. Benedito Rubens, coordenador de turismo da vizinha cidade de Buriti dos Montes, também participou, aproveitando o momento para apresentar projeto de criação de unidades de conservação ao longo do rio Poti, com o intuito de garantir a preservação do cânion, bem como flora e fauna ribeirinha.

A coordenadora do Prodetur, explicou aos presentes que era preciso ficar claro que o PDITS não era de Teresina e sim de um Polo com 14 municípios, e que Teresina já possui seu próprio PDITS onde esses itens, como o turismo de negócios, de saúde e eventos estão bem destacados. “Entendemos a ansiedade de cada representante em procurar destacar o potencial específico das suas cidades no Plano, mas precisamos entender que o PDITS Polo de Teresina deve revelar o diagnóstico dos 14 municípios que o compõe. Aqui não focamos no maior município, ou no que já está mais desenvolvido turisticamente. Nosso objetivo é procurar um retrato do Polo para buscarmos a melhor forma de desenvolvê-lo”, explica.

Outras reuniões serão marcadas para dar continuidade ao trabalho de conclusão do PDITS.

Anúncios

Read Full Post »

Desde o início do ano de 2012, o Prof. Dr. Guilherme Fernandez Gondolo, biólogo paulista e diretor do campus da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, em Campo Maior, desenvolve uma pesquisa no rio Poti, na área adjacente ao Parque Natural Municipal Pedra do Castelo.

A pesquisa ocorre com apoio da Fundação Grupo Boticário e tem como foco o mapeamento das espécies de peixes que ocorrem neste trecho do Poti, bem como no Riacho da Palmeira, que corta toda a extensão do parque e origina a Cachoeira das Arraias.

FOTO1

Robson Lima (Coord. Municipal de Turismo em Castelo), Prof. Dr. Guilherme Gondolo (Diretor Campus UESPI em Campo Maior) e Augusto Júnior (Vice Presidente Condatur)

Na última sexta-feira (18/01), Guilherme Gongolo esteve em Castelo, onde participou de reunião com o Coordenador Municipal de Turismo Robson Lima e o Vice Presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR, Augusto Júnior, onde fez uma breve apresentação dos resultados de seu projeto, que deverá ser encerrado oficialmente em março vindouro. Dentre outras coisas, o pesquisador sugeriu uma parceria com a Condatur e Prefeitura Municipal para que o resultado de seu trabalho seja divulgado através de folders, material digital, banners e outros meios.

“Nesses meses de pesquisa, descobrimos muitas espécies exóticas naquela parte do Poti, muitas delas oriundas de outras partes do Brasil, como a Bacia Amazônica. Caso continuássemos com as coletas de espécimes, seria bem provável que encontrássemos peixes raros na região”, pontuo Guilherme Gondolo.

 

Clique aqui e acesse facebook da Condatur

Read Full Post »

No último sábado (19/01), um grupo de 90 pessoas formado por alunos, professores e coordenadores da Escola Auristela Soares Lima, da Rede Estadual de Ensino na capital piauiense esteve em Castelo do Piauí visitando durante todo o dia alguns atrativos turísticos.

DSCF0292

O roteiro visitado começou pelo Parque Natural Municipal Pedra do Castelo, onde foram conduzidos pelos guias locais Augusto Júnior, Calos Henrique, Naldo Oliveira, James Alves, Iandra Lima e Edson Viana, todos membros da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR. Na ocasião o grupo conheceu todo o potencial que o atrativo possui, começando pela íntima ligação do suntuoso castelo rochoso com a história da cidade de Castelo do Piauí. Os guias abordaram os vários tipos de turismo que pode ser praticado, principalmente o religioso, responsável pelo maior fluxo de visitações, que ainda são feitas de forma desordenada, mas no decorrer deste ano com a implementação do Plano de Manejo do Parque, deverá ser feita obrigatoriamente com a presença de um condutor (guia local de turismo).

DSCF0298

Condutores Iandra Lima, Naldo Oliveira, Carlos Henrique, Augusto Júnior, James Alves e Edson Viana

Em seguida percorreram a trilha que dá acesso à Cachoeira das Arraias, cuja queda d’água ainda não está em sua plenitude, o que deverá ocorrer em breve, tendo em vista que já estamos em pleno período chuvoso.

DSCF0323

Cachoeira das Arraias

O almoço foi servido no Meire Restaurante e Pizzaria e na parte da tarde todos foram até a fábrica da Cachaça Mangueira, onde conheceram todas as etapas da fabricação da bebida. O sítio arqueológico Ninho do Urubu, situado na comunidade Picos dos André, também fez parte do roteiro, que foi concluído com uma parada em parreiral na zona urbana, com uvas das variedades verde e roxa, que já é passagem obrigatória para todos os turistas que passam pelo município.

DSCF0335

Almoço foi servido no Meire Restaurante e Pizzaria

A visitação acompanhada por um ou mais condutores de visitantes é importante, porque além de o turista conhecer a história local e as lendas que envolvem cada atrativo, também está envolvida a questão da segurança, pois nos atrativos naturais há sempre o perigo de insetos como abelhas, marimbondos e alguns animais peçonhentos. O condutor conhece a trilha, sabe onde estão as colmeias e o que fazer para não provocar as abelhas, conhece o percurso mais adequado a cada perfil de grupo, além do que, sua presença garante a preservação do local, diminuindo ou mesmo eliminando os impactos negativos causados pela visitação, como pichações, lixo, dentre outros.

 

Mais fotos:

DSCF0281DSCF0285DSCF0286DSCF0288DSCF0304DSCF0316DSCF0337DSCF0347DSCF0350DSCF0353DSCF0371DSCF0374DSCF0379DSCF0382DSCF0383

Read Full Post »

Ontem (22) a paróquia de São Francisco de Assis, em Juazeiro do Piauí, através do Padre José Luiz e paroquianos, organizou com o apoio da prefeitura municipal de Juazeiro, a 13ª Caminhada da Paz 2011, que este ano teve como tema “A Mãe Terra clama por Justiça e Paz”. A caminhada tem início na igreja matriz e término no Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo. Este atrativo está geograficamente em território castelense, mas devido à proximidade, faz parte da paróquia juazeirense.

caminhada_paz (5)

Bispo Dom Eduardo Zielski e Pe. José Luiz

Participaram da caminhada, Dom Eduardo Zielski, bispo da Diocese de Campo Maior; Padre Gilcimar, que já foi pároco daquela igreja; o prefeito municipal Antonio Filho e a primeira dama Gabriely Duarte, que também é secretária municipal de educação; além de Jerry Lima (secretário municipal de saúde); Fernanda Tavares (coordenadora do Programa Saúde na Família-PSF); Sheyla Melo (coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Sanitária de Juazeiro); Deputado Estadual Antonio Félix (PPS); Sr. Das Chagas Andrade, (ex-proprietário da área onde atualmente está situado o Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo); Robson Miguel (presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR), bem como muitas lideranças políticas locais e empresários de Juazeiro e Castelo.

caminhada_paz (54)

Drª Joselane Borges, prefeito Antonio Filho e o empresário Antonio Veríssimo

caminhada_paz (30)

Drª Joselane Borges, prefeito Antonio Filho e o empresário Antonio Veríssimo

caminhada_paz (42)

Sec. municipal de saúde Jerry Lima fez questão de filmar pessoalmente toda a caminhada

Logo cedo, antes da saída, os participantes da caminhada fizeram um alongamento com professor Italo, de educação física. Durante todo o trajeto a secretaria municipal de saúde deu apoio logístico, como um carro para distribuição de água e uma ambulância com enfermeiras de prontidão, além de inovar, distribuindo pela primeira vez, protetor solar.

caminhada_paz (21)

Protetor solar distribuído pela secretaria municipal de saúde durante evento

A família Monteiro, presente também nesta edição do evento, foi a pioneira na realização da caminhada, que teve início ainda na década de 50 e ao longo dos anos várias outras famílias da região foram aderindo a este ato de caráter religioso. Há 13 anos a paróquia de Juazeiro abraçou a causa, dando maior divulgação e notoriedade, aumentando consideravelmente o número de participantes.

caminhada_paz (25)

Milhares participaram este ano

caminhada_paz (56)

Milhares participaram este ano

Ao chegar à Pedra do Castelo, o bispo Dom Eduardo Zielski proferiu breve discurso à multidão presente, finalizando assim mais uma Caminhada da Paz.

Vale ressaltar que a Condatur, apoiada pela prefeitura municipal de Castelo, esteve presente para fazer um trabalho de orientação e educação ambiental. Mesmo assim, já está sendo organizado um retorno ao local com uma equipe de limpeza, pois devido ao grande número de pessoas e mesmo com a preocupação dos organizadores da caminhada, inevitavelmente muito lixo ficou pra trás.

caminhada_paz (11)

Pe. Gilcimar (esquerda) já esteve à frente da paróquia de Juazeiro

caminhada_paz (28)

Das Chagas Andrade à frente da multidão rumo à Pedra do Castelo

caminhada_paz (18)

Muitos fiéis rezavam o terço enquanto caminhavam

caminhada_paz (22)

Vendedores lucraram com o evento

caminhada_paz (50)

Policial Elias Júnior e viatura castelense orientando trânsito

caminhada_paz (53)

Delegado Giuliano (Juazeiro) e os policiais A. Carlos e Ribamar, ambos de Castelo, garantiram a segurança

caminhada_paz (32)

Várias mulheres também ajudaram a carregar a cruz à frente da caminhada

caminhada_paz (70)

Sérgio Lima com namorada; Rosineide Lima (ex-secretária de saúde de Castelo), Fabricia (enfermeira ex-integrante do PSF em Castelo) e o noivo Ernandes Lima (sec. de saúde Castelo)

CLIQUE AQUI E VEJA ALBUM COM TODAS AS FOTOS

Read Full Post »

No último sábado (12/02) o antropólogo Clodson dos Santos e a enfermeira Helen Freitas, ambos de São Raimundo Nonato, estiveram percorrendo os atrativos turísticos castelenses.

O percurso foi feito em motos de aluguel, uma opção para quem deseja estar mais em contato com a natureza, e o casal foi acompanhado pelo condutor Robson Miguel, presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – Condatur, e pelo moto-taxi Soares.

O roteiro escolhido contemplou na parte da manhã o Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo, o Mirante das Arraias e Cachoeira das Arraias, que mesmo a esta altura do período chuvoso ainda sem queda d’água, propiciou um banho relaxante em um dos vários olhos d’água que brotam da rocha em forma de bica. O período da tarde foi reservado para o cânion do rio São Miguel, na localidade Buritizinho, também uma ótima opção, já que além das formações rochosas intrigantes que formam o pequeno cânion, o local dispõe de uma barragem que proporciona um banho na medida certa para renovar as energias no final da tarde.

antropologo_castelo8

Pedra do Castelo

antropologo_castelo3

Rio São Miguel, localidade Buritizinho

antropologo_castelo2

Cânion do rio São Miguel

Read Full Post »

No último domingo (23/01), os membros do Projeto Rondon que estão em Castelo desde o dia último dia 16 de janeiro, conheceram o Parque Natural Municipal Pedra do Castelo, acompanhados pelos condutores Augusto Júnior, Paulo Clímaco, Naldo Oliveira, Carlos Henrique, Iandra Lima e James Alves, todos membros da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – Condatur.

rondon_pedra_do_castelo4

Condutor Paulo Clímaco com rondonistas chegando à Pedra do Castelo

 

Na Pedra do Castelo os rondonistas conheceram, além das lendas que permeiam o local, a história de Castelo do Piauí, desde quando era uma fazenda de gado, passando por Marvão e chegando à atualidade. Além disso, durante o percurso tomaram conhecimento das modalidades de turismo que são exploradas em todo o município, como turismo religioso, ecoturismo turismo arqueológico e de aventura (rapel, tirolesa, etc), isso pra não falar das diversas escolas e faculdades de todo o Estado que realizam aulas passeio nos atrativos castelenses. Outro ponto que chamou a atenção de todos, foi o grande número de inscrições rupestres (pinturas e gravuras) encontradas nas paredes do castelo rochoso.

rondon_pedra_do_castelo10

Parte do grupo reunido em frente à Pedra do Castelo

 

Em seguida o grupo fez um pequeno trekking até a Cachoeira das Arraias, onde aproveitaram para renovar as energias na piscina natural formada pelas águas do riacho da Palmeira, que após passar ao lado da Pedra do Castelo, forma duas quedas d’água de aproximadamente 20 metros de altura cada.

A segunda parte da programação, que seria a visita aos sítios arqueológicos da localidade Picos dos André, foi cancelada devido às fortes chuvas que caíram durante toda a tarde.

O grupo de rondonistas que está em Castelo é composto por acadêmicos de vários cursos diferentes, bem como profissionais de várias áreas, todos oriundos dos Estados de Minas Gerais e São Paulo.

 

Veja mais fotos:

rondon_pedra_do_castelo5

rondon_pedra_do_castelo6

rondon_pedra_do_castelo7

rondon_pedra_do_castelo8

rondon_pedra_do_castelo9

rondon_pedra_do_castelo11

rondon_pedra_do_castelo12

rondon_pedra_do_castelo13

rondon_pedra_do_castelo15

rondon_pedra_do_castelo1

Read Full Post »

Um grupo formado por acadêmicos do curso de História da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, campus de Campo Maior, esteve em Castelo no feriado de 21 de abril, onde além de visitarem a Pedra do Castelo e Cachoeira das Arraias, fizeram rapel neste último atrativo turístico.

O instrutor Thiago Regys, que pertence ao Grupo dos Desbravadores de Campo Maior foi o responsável pela segurança de todos os praticantes desse esporte de aventura. A professora universitária Claudia Oliva foi a responsável pela vinda dos estudantes a Castelo, que foram acompanhados pelos condutores Igor Rafael, Carlinos (vigilante do Parque Natural Municipal Pedra do Castelo) e Jair Silva, que além de condutor, é integrante da animada turma de estudantes.

Comentem a vontade!

 

rapel (14)  Condutores Jair Silva, Igor Rafael e Carlinos, em frente à Pedra do Castelo

rapel (16)

Acadêmicos no interior da Pedra do Castelo

rapel (2)

Ainda no interior da Pedra do Castelo

rapel (18)

O teto da Pedra do Castelo proporcionou uma vista panorâmica de todo o Parque

rapel (4)

Atravessando o Riacho da Palmeira, na trilha para Cachoeira das Arraias

rapel (9)

Cachoeira das Arraias, com sua queda exuberante nesta época do ano

rapel (13)

Estudante praticando rapel em paredão ao lado da Cachoeira das Arraias

Read Full Post »

Older Posts »