Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Buriti dos Montes’

Na quinta-feira (24/04), ocorreu como parte integrante da programação de 22 anos de emancipação política do município de Buriti dos Montes, uma palestra ministrada pelo arqueólogo Prof. Welington Lage, que apresentou à população buritiense que lotou o auditório do complexo administrativo, tese de mestrado sobre as gravuras rupestres do Cânion do Poti, que teve como tema “As gravuras rupestres do sítio Bebidinha, Buriti dos Montes-Piauí – Documentação, Análise da Linguagem Visual e Levantamento sobre o Estado Geral de Conservação”.DSC_0457

Prof. Welington Lage apresentando tese de mestrado em Buriti dos Montes

Welington Lage veio acompanhado de sua equipe de trabalho composta pela esposa e filha, as também arqueólogas Conceição Lage e Ana Luiza respectivamente, bem como os arqueólogos Ana Carolina e Árlon Facynek. Também estavam presentes o Presidente da Câmara Municipal Lusinaldo Soares; professora Paula Luana; primeira dama Lourdes Soares; José Francisco (EMATER); Padre Chagas (Matriz de Buriti); Anísio (Sind. Trabalhadores Rurais de Buriti); Coordenador de Turismo e Meio Ambiente em Buriti, Benedito Rubens; Coordenador de Turismo em Castelo do Piauí, Robson Lima e os membros da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR, Carlos Henrique e Paulo Clímaco.

DSC_0459

Arqueólogos Ana Carolina, Ana Luíza, Conceição Lage, Welington Lage e Arlon Facynek; Paulo Clímaco (Condatur); Robson Lima (Coordenação de Turismo em Castelo) e Carlos Henrique (Condatur)

PALESTRA TESE MESTRADO WELINGTON LAGE-24.04

Sentido horário: Benedito Rubens (Coord. Turismo em Buriti); Robson Lima (Coord. Turismo em Castelo); Padre Chagas (Igreja Matriz de Buriti) e Vereador Lusinaldo Soares (Presidente da Câmara Municipal de Buriti)

Na ocasião, o autor lembrou o nome da colega de profissão e amiga Ana Clelia, falecida recentemente, que pesquisou a área de estudo e foi sua orientadora. Em seguida a pesquisa foi entregue ao prefeito Valmir Soares, que se mostrou muito empolgado com as pesquisas acerca do potencial arqueológico do Cânion do Poti, tendo participado inclusive da primeira visita técnica feito pelos professores Welington e Conceição Lage ao local.

DSC_0428

Momento em que Welington Lage entregou sua tese de mestrado ao prefeito Valmir Soares, de Buriti dos Montes

 

A tese foi apresentada com louvor em julho de 2013 na Universidade Federal do Piauí, bem como em alguns congressos Brasil afora, e será novamente apresentada durante Congresso Internacional de Arqueologia que acontecerá em julho/2014 na UFPI, evento em que as gravuras de Buriti dos Montes terão destaque.

Mais fotos:

DSC_0419

Prefeito Valmir Soares

DSC_0418

Profª Conceição Lage, esposa de Welington Lage e autora de trabalhos e pesquisas em sítios arqueológicos em todo o Piauí e outros estados

DSC_0433

Auditório lotado durante a apresentação

Clique aqui e veja todas as fotos na página da CONDATUR no Facebook.

 

Read Full Post »

Durante reunião ocorrida no SEBRAE-PI na última segunda-feira (15/03), com representantes dos municípios de União, Altos, José de Freitas, Campo Maior, Teresina e Castelo, foi discutida a criação de um novo roteiro turístico integrado com atrativos das seis cidades, mais o cânion do rio Poti, na cidade de Buriti dos Montes, que estava sendo representada por seu Coordenador de Turismo, Benedito Rubens. Já Castelo do Piauí foi representado pelo Presidente da Associação dos Condutores – Condatur, Robson Miguel, que também representou a prefeitura municipal, que tem como prefeito Wilmar Cardoso, sempre atento às questões relativas ao incremento do turismo em Castelo e parceiro do SEBRAE neste projeto, desde o início das discussões, ainda no passado.

reuniao_sebrae4 Público presente, representantes dos municípios e de órgãos relacionados

O encontro foi conduzido por Gilson Vasconcelos e Ronaldo Pompeu, do SEBRAE-PI, e pelas consultoras Fabiana Ribeiro e Celma Maia, do SBRAE-CE, que juntamente com os presentes e a contribuição da publicitária Naia, da agência S/A Propaganda, discutiram o nome do roteiro que deverá ser apresentado no Piauí Sampa, no meio do ano. Para conclusão dos trabalhos, uma equipe com membros do SEBRAE e da S/A visitarão todos os municípios para que seja criada a marca do novo roteiro, que deverá ser anunciado em breve para a imprensa piauiense.

Dentre os pré-requisitos necessários para a inclusão dos municípios acima no roteiro de Teresina, estão a adequação de pelo menos um hotel e um restaurante em cada cidade para ser referência em todo o Estado. Para isso, até o mês de junho próximo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA deverá fazer inspeção nos municípios.

reuniao_sebrae1 Gilson Vasconcelos, do SEBRAE-PI

reuniao_sebrae2

Selma Maia, consultora SEBRAE-CE e Ronaldo Pompeu, SEBRAE-PI ao fundo

reuniao_sebrae3

Fabiana Ribeiro (esquerda, de pé) consultora SEBRAE-CE

reuniao_sebrae6

Naia, publicitária da S/A Propaganda

Read Full Post »

No último sábado (20), um grupo formado por 5 pessoas percorreu o Cânion do Poti partindo da fazenda Enjeitado até a Cachoeira da Lembrada, que marca o início do trecho mais visitado do principal atrativo turístico da vizinha cidade de Buriti dos Montes.

O grupo era formado pelo presidente da Associação dos Condutores de Castelo (Condatur), Robson Miguel; pelo gerente da agência do Banco do Brasil de Castelo, Ralphe Marlon; pelo vigilante da mesma agência bancária, Renato Monte; pelo delegado de Castelo, Sub-tenente Borges e pelo administrador do Portalcdp, Anderson Lima.

expedicao canion 02Robson Miguel (Condatur), Sub. Ten. Borges (Delegado de Castelo), Renato Monte (Vigilante Banco do Brasil) e Ralphe Marlon (Gerente Banco do Brasil de Castelo)

Os visitantes chegaram à fazenda Enjeitado no dia anterior e o local serviu como ponto de apoio. Nas primeiras horas da manhã de sábado, a equipe já se encontrava às margens do rio, de onde uma parte seguiu de canoa e a outra a pé, por uma trilha de 3 Km até o local conhecido com Poço da Cruz, onde pegaram outra embarcação e iniciaram a aventura por 8 Km rio acima.

expedicao canion 03

 

IMG_1576Encontro no Poço da Cruz, de onde todos irão juntos nas canoas 

 

À medida que os pequenos barcos singravam as águas verdes e profundas, os visitantes se deleitavam com a variedade de aves e pequenos animais silvestres que habitam o lugar. Por várias vezes, curiosos mocós saíam de suas pequenas tocas, estrategicamente construídas nos imensos paredões. Jacus com seus cantos característicos; socós, curicas e andorinhas passavam de um lado a outro do estreito canal; tucunarés, que de vez em quando pulavam por cima do espelho d’água; enfim, foi com esse espetáculo da natureza que o grupo ia sendo recepcionado ao longo do percurso.

 

IMG_1742Ponto mais estreito conhecido como “Passagem da Onça” 

Na reta final, surgiam à frente do grupo imensos blocos rochosos de incalculável peso que foram caindo ao longo das eras geológicas e dos milhões de anos que o rio precisou para forçar sua passagem pelo Serra da Ibiapaba. As rochas pareciam emergir da água como imensos guardiões do rio.

 

expedicao canion 08 Blocos rochosos no meio do rio

IMG_1724

Passando por entre as rochas

A viagem agora continua por terra. Após escalar cerca de 40m de paredão e uma caminhada de 10 minutos, chegaram finalmente à Cachoeira da Lembrada, onde alguns buritienses já se encontravam. Apresentações feitas, Jamin, Maycon e Prof. Jailson, gentilmente ofereceram almoço.

 

IMG_1845 Jamim, Maycon e Prof. Jailson, de Buriti dos Montes, na Cachoeira da Lembrada

 

Após revigorante banho na Cachoeira da Lembrada, iniciou-se o trajeto de volta, onde só deixaram pegadas, só tiraram fotos e só levaram lembranças.

Agradecimentos à esposa do Sr. Pedrosa (vaqueiro da fazenda), D. Leni, por sua hospitalidade e disposição; ao Renato Monte, exímio conhecedor do trecho percorrido; e aos companheiros de almoço citados acima.

 

Mais fotos:

soco

camaleao

moco

expedicao canion 01

IMG_1499

 

IMG_1803

 

expedicao canion 04

 

expedicao canion 13

 

expedicao canion 06

 

expedicao canion 15

expedicao canion 11

expedicao canion 09

 

Fonte: www.portalcdp.com.br | www.condatur.wordpress.com

Read Full Post »

Nos dias 31/08 e 01/09, o Presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR, Robson Miguel, integrou uma equipe da qual também fizeram parte o Coronel Boa Visita, engenheiro responsável pelo projeto de reforma e ampliação da estrada que liga Castelo à Fazenda Enjeitado e à Cachoeira da Lembrada, e o topógrafo Fábio, que fez a demarcação com GPS de todo o trecho a ser trabalhado.

 

canion_rio_poti37 Cel Boa Visita, condutor Robson Miguel e o topógrafo Fábio, na Cachoeira da Lembrada

Essa demarcação já é resultado da visita feita pelo Secretário de Turismo, Silvio Leite e sua equipe à Cachoeira da Lembrada e cânion do rio Poti, no último dia 12 de agosto, acompanhado pelo prefeito de Castelo, Wilmar Cardoso e pelos condutores Robson Miguel e Augusto Júnior. Na ocasião o Secretário anunciou que faria um projeto de construção de uma pousada rural, estradas e pontos de apoio na região para que os turistas tivessem todo o conforto necessário durante sua visita.

A equipe chegou à sede da fazenda Enjeitado na tarde do dia 31/09, ficando hospedada na residência do casal João André e Amélia, que não mediram esforços para bem acomodar a todos.

canion_rio_poti5

Sede da fazenda Enjeitado é um casarão construído na década de 50

Na manhã seguinte, os profissionais saíram às 6:30 h da manhã, em uma caminhada de 2 km até o local conhecido como Poço da Cruz, onde embarcaram em duas canoas de pesca usada pela população local. Foram aproximadamente 8 km percorridos nas canoas, por dentro do canalão, como os pescadores conhecem o cânion do Poti, com pequenas paradas de vez em quando nas casas de pedra usadas como rancho pelos pescadores, que chegam a passar vários dias ali. O trajeto final de 2 km foi concluído a pé, após escalada em um dos imensos paredões, chegando à Cachoeira da Lembrada.

 

canion_rio_poti14Condutor Robson Miguel e o Cel Boa Vista no Poço da Cruz, aguardando as canoas 

 

canion_rio_poti4 Uma das canoas usadas pelo grupo

canion_rio_poti34

Cel Boa Visita chegando ao final do cânion, na segunda canoa

Com a sensação de missão cumprida, iniciou-se o trajeto de volta. O próximo passo será a formatação do projeto e localização no mapa da área percorrida. Semana que vem o Coronel Boa Visita e sua equipe deverão fazer a demarcação a partir da cidade de Buriti dos Montes, até a Cachoeira da Lembrada, uma vez que o projeto original prevê dois acessos, um por Castelo e outro por Buriti dos Montes. Como bem falou o Secretário de Turismo quando esteve em Castelo, “esse é um projeto audacioso que beneficiará principalmente as cidades de Buriti dos Montes e Castelo do Piauí, mas é preciso que alguém dê o primeiro passo”.

 

MAIS FOTOS:

canion_rio_poti3Uma jibóia atravessou a trilha, felizmente não é peçonhenta

canion_rio_poti9

Fábio (topógrafo) e Cel Boa Vista (engenheiro) marcando a trilha com GPS

canion_rio_poti22

Casa de pedra dentro do canal usada onde os pescadores passam a noite durante pescaria

canion_rio_poti36

Vista do cânion feita do paredão onde o grupo saiu das canoas e retomou a trilha

canion_rio_poti38

Pescadores retirando a água de dentro da canoa para iniciar o percurso de volta

Read Full Post »

O Cânion do rio Poti recebeu hoje (12) visita técnica do prefeito de Castelo, Wilmar Cardoso, do Secretário Estadual de Turismo Silvio Leite e sua equipe, composta pelos jornalistas Mycon e Elvira Raulino, bem como a arquiteta Denise. Também participaram o empresário castelense Alberto Monteiro e os condutores Robson Miguel e Augusto Júnior, Presidente e Vice-presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR. Além destes, também estava prevista a participação do Prof. Soares, prefeito  de Buriti dos Montes, que não se fez presente devido a sua agenda.

canion_silvio_leite_wilmar5

Da esquerda para direita: Alberto Monteiro (empresário), Robson Miguel (Condatur), Wilmar Cardoso (Prefeito de Castelo), Silvio Leite (Secretário de Turismo) e Denise (Arquiteta).

O objetivo do grupo era analisar a viabilidade técnica do local, para o lançamento de um projeto de estruturação do cânion, com pousada, pontos de apoio, estradas e toda infra-estrutura turística necessária para dotar os visitantes de conforto durante sua estada. Silvio Leite ficou maravilhado com o que viu. “Estou convicto do potencial que o cânion tem e faremos todo o possível para ver este projeto totalmente implantado, atraindo turistas do mundo todo” destacou.

canion_silvio_leite_wilmar3

Silvio e Wilmar debatendo projeto sobre estruturação do cânion do Poti

 

O projeto será desenvolvido pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual de Turismo, em parceria com as prefeituras de Castelo do Piauí e Buriti dos Montes, as duas cidades que atuam como portal de entrada para o cânion. A reforma de uma antiga estrada de 12 km de extensão, que liga a fazenda Enjeitado à Cachoeira da Lembrada, que marca o início do médio cânion, também está previsto.

Nos próximos dias, Silvio Leite se reunirá com arquitetos, calculistas, projetistas e demais profissionais envolvidos, para analisarem fotos e vídeos da área visitada, afim de formatarem o projeto final.

 

MAIS FOTOS:

canion_silvio_leite_wilmar2

Silvio Leite e Wilmar Cardoso unem forças para estrutura o cânion

canion_silvio_leite_wilmar6

Pequena pausa para descanso

canion_silvio_leite_wilmar4

Início do médio cânion do rio Poti, conhecido pelos pescadores como canalão

Read Full Post »

No último domingo (12), uma equipe formada pelo Assessor de Turismo da Prefeitura de Castelo, Benedito Rubens; pelo Presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes-CONDATUR, Robson Miguel; pelo advogado e amante do ecoturismo, Dr. Stanley e pelo Designer Gráfico Juscelino Reis, que é autor do projeto do Portal de Entrada da cidade, estiveram mais uma vez desbravando o belíssimo cânion do rio Poti.

Panoramica LEMBRADA Juscel Reis (500 x 203)

Saindo de Castelo no início da manhã daquele dia, o grupo passou pela vizinha cidade de Juazeiro do Piauí, pelas localidades Boa Fé, Ipueira, Buriti do Santo Antônio, Mãe D’Água e finalmente o destino final, a Cachoeira da Lembrada, que marca o início do médio cânion, segundo Benedito Rubens, que é um estudioso do Poti, já tendo percorrido toda sua extensão desde as nascentes, no Ceará, até o encontro com o Parnaíba, em Teresina.

Muito usado por pescadores de toda a região, o cânion do Poti passa em áreas de Crateús-CE, Buriti dos Montes, Castelo, Juazeiro do Piauí e Novo Santo Antonio e começou a ser bastante procurado há alguns anos, sendo o acesso principal feito a partir de Castelo.

canion_poti8Cachoeira da Lembrada marca o início do médio cânion. Deste ponto rio acima não há ocorrência de raias, ao passo que rio abaixo sim. 

Como essa época corresponde à florada do Pau Darco, também conhecido como Ipê, sobretudo o Ipê Roxo, a expedição pôde fazer registros fotográficos de beleza ímpar.

 

Ao todo, a equipe percorreu mais de 100 km de Castelo até a Cachoeira da Lembrada, e de lá, mais 13 km a pé até o ponto conhecido como Casa de Pedra, usado como abrigo pelos pescadores. Na volta para o ponto de apoio, mais 13 km, já com as energias renovadas após um banho nas águas do grande rio Poti.

canion_poti12

Trilha acompanha o penhasco, sendo necessário o máximo de cuidado

canion_poti19

Ponto conhecido como Casa de Pedra, ideal para prática do rapel

canion.poti3

Paredões com até 50 metros de altura

canion.poti4

Um lugar de rara beleza

Rota Cachoeira da Lembrada Por Juazeiro

Mapa da viagem, gerado por GPS

Read Full Post »