Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Castelo’

Durante todo o domingo (27/04), o cantor gospel Davison Dfam gravou imagens para um clipe musical usando como locação o Parque Municipal Pedra do Castelo, em Castelo do Piauí e Paraíso das Arraias, em Juazeiro do Piauí.

DSC_0459

DSC_0473

DSC_0496

Dfam veio acompanhado de sua equipe, composta pelo diretor e editor Ismaily Rosendo, do Studio Ismaily Music; Karl Max; Amanda e Talita, contando com o apoio do Pastor David Gomes, da I Igreja Batista de Castelo e Secretaria Municipal de Juventude, Turismo, Esporte, Lazer e Cultura – SEJUV, que tem como secretário Júnior do Zezé, que na ocasião foi representado pelo Coordenador de Turismo Robson Lima, que acompanhou todo o trabalho de gravação e a noite participou de culto evangélico, oportunidade em que o Dfam cantou algumas de suas músicas de maior sucesso.

DSC_0535

DSC_0546

DSC_0572

Pastor David Gomes, Robson Lima (Coord. Turismo em Castelo), Dfam, Ismaily Rosendo e Karl Max

 

“Sempre sou muito bem acolhido em Castelo do Piauí e é por isso que resolvi gravar este clipe aqui. Já havia estado na Pedra do Castelo em 2013 e por isso quis aproveitar as belezas naturais do lugar”, destacou Davison Dfam, que disse que pretende voltar mais vezes à cidade.

Todo o trabalho foi acompanhado de perto pelo Pastor David Gomes e jovens da I Igreja Batista de Castelo.

CLIQUE AQUI para ver todas as fotos na fanpage da Condatur no Facebook.

Mais fotos:

dfam

dfam1

 

dfam2

Anúncios

Read Full Post »

Distante cerca de 18 quilômetros de Castelo do Piauí, a localidade Tucuns dos Miguel guarda indícios da presença indígena e vários vestígios da passagem do homem primitivo pela região através das inscrições rupestres (gravuras e pinturas) que enfeitam as paredes rochosas de algumas cavernas.

O Castelinho

Encravada em meio a uma vegetação fechada e típica dos sertões nordestinos, uma formação arenítica de mais ou menos 6 metros de altura se destaca no meio de várias árvores de pequeno e médio porte. O Castelinho, como é conhecida essa formação rochosa, possui arcos e pequenas torres que lembram os mais remotos castelos medievais.

Stanley Moore (1 of 1)-21

Castelinho dos Tucuns dos Miguel

 

Vestígios pré-históricos

Além da exuberante beleza o Castelinho possivelmente também serviu de abrigo e moradia para muitas populações indígenas e primitivas que habitaram a região de Castelo do Piauí e o utilizaram para se proteger das intempéries climáticas deixando gravadas em suas paredes muitos registros de arte rupestre.

Stanley Moore (1 of 1)-6

Painel com pinturas rupestres

Furna do Morcego

Próximo ao Castelinho está a Furna do Morcego, uma caverna onde a concentração desse mamífero que voa é muito grande. São centenas de morcegos voando a uma pequena altura que dificulta a permanência no interior da furna por muito tempo. Também há registros arqueológicos em suas paredes, mesmo em menor número, mas de rara beleza.

Stanley Moore (18 of 62)

Furna do Morcedo

 

As pinturas rupestres presentes nas formações rochosas da localidade Tucuns dos Miguel apresentam simples grafismos puros a perfeitos símbolos geométricos, dinamismo em algumas figuras zoomorfas e antropomorfas e estatismos em outras, após uma demorada observação.

Stanley Moore (17 of 62)

Pinturas zoomorfas (animais)

Stanley Moore (12 of 62)

 

Augusto Júnior Vasconcelos

Licenciado em Geografia

Vice Presidente Condatur

Read Full Post »

Na manhã de ontem (05), a Secretaria de Turismo do Estado do Piauí – SETUR, realizou na cidade de Piripiri, reunião de validação do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável – PDITS, do Polo de Teresina, no qual Castelo do Piauí está inserido, e que além deste, conta também com os municípios Teresina, Altos, Buriti dos Montes, Campo Maior, Esperantina, José de Freitas, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Pedro II, Piripiri, Piracuruca, União e Santa Cruz dos Milagres.

DSCN9971

Josias e Alexandre (Técnicos consultoria Ambiens); Doraneide Rodrigues (Coordenadora do Prodetur); Miranice (Ténica do MTur)

 

A reunião ocorreu no campus da Universidade Estadual do Piauí – UESPI e foi conduzida pela coordenadora do Prodetur (PI), Doraneide Rodrigues, com a participação da técnica Miranice, do Ministério do Turismo, bem como dos técnicos Josias e Alexandre, da empresa Ambiens, responsável pela pesquisa e elaboração do documento apresentado aos presentes.

O coordenador de turismo em Castelo, Robson Lima, estava presente, ocasião em que levantou alguns pontos que não haviam sido abordados no estudo, bem como correções necessárias, tendo em vista que o PDITS foi elaborado no ano de 2010 e só agora está sendo aprovado. Benedito Rubens, coordenador de turismo da vizinha cidade de Buriti dos Montes, também participou, aproveitando o momento para apresentar projeto de criação de unidades de conservação ao longo do rio Poti, com o intuito de garantir a preservação do cânion, bem como flora e fauna ribeirinha.

A coordenadora do Prodetur, explicou aos presentes que era preciso ficar claro que o PDITS não era de Teresina e sim de um Polo com 14 municípios, e que Teresina já possui seu próprio PDITS onde esses itens, como o turismo de negócios, de saúde e eventos estão bem destacados. “Entendemos a ansiedade de cada representante em procurar destacar o potencial específico das suas cidades no Plano, mas precisamos entender que o PDITS Polo de Teresina deve revelar o diagnóstico dos 14 municípios que o compõe. Aqui não focamos no maior município, ou no que já está mais desenvolvido turisticamente. Nosso objetivo é procurar um retrato do Polo para buscarmos a melhor forma de desenvolvê-lo”, explica.

Outras reuniões serão marcadas para dar continuidade ao trabalho de conclusão do PDITS.

Read Full Post »

No último domingo (22), um grupo de aproximadamente 40 alunos e professores de uma escola da rede particular de ensino de Teresina, estive em Castelo visitando os atrativos turísticos. O passeio teve início no principal atrativo turístico castelense, o Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo que neste dia estava bastante movimentado, com a presença de pilotos de motos e quadriciclos que participavam da X edição do Enduro do Marvão.

SDC15258

Condutor Augusto Júnior com parte do grupo

Ao chegarem à Pedra do Castelo, acompanhados pelos condutores Augusto Júnior, Edson Viana, Igor Rafael e Paulo Clímaco, membros da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – Condatur, os visitantes receberam orientações sobre como se comportar durante o passeio, como ocorre com toda visita guiada. Enquanto isso, um dos condutores foi na frente verificar a situação das colméias existentes no interior da Pedra.

O ataque ocorreu quando os alunos estavam sendo conduzidos pelo interior da gruta. Repentinamente, o enxame veio sobre o grupo e muitos receberam várias picadas. Imediata e rapidamente, os condutores evacuaram o local, conduzindo alunos e professores a um lugar seguro, fora da Pedra. O empresário Alberto Monteiro, auxiliou no resgate de alguns alunos que estavam afastados, próximo ao salão dos anjos, temendo um novo ataque.

Como havia no grupo duas alunas de famílias castelenses, o ex secretário municipal de saúde Guinel Apolônio estava acompanhando a visita e após o incidente, levou os mais atingidos ao Hospital Local Nilo Lima, para atendimento médico, o que aconteceu prontamente.

Não sendo mais possível a continuidade do passeio pela Pedra do Castelo, o grupo seguiu para a fábrica da cachaça Mangueira e almoço.

SDC15264

Célio Matos, da Cachaça Mangueira, recepcionando o grupo de estudantes

Deste fato, tiramos algumas conclusões. Podemos perceber a importância da presença de condutores, que se não estivessem presentes naquele momento, poderíamos ter tido conseqüências piores. Outra conclusão é a urgência da prefeitura municipal criar o Plano de Manejo do parque, que é um conjunto de normas regulamentadoras bem rígidas, visando a segurança do visitante e preservação do atrativo e finalmente, com a proximidade do Cachaça Fest, evento mais importante para Castelo e região, a organização tem que pensar em mecanismos de remoção das colméias, preferencialmente alguns dias antes, para que não dê tempo das abelhas retornarem, o que geralmente ocorre. Durante a reunião realizada pelo SEBRAE dia 23, foi sugerido pelos presentes que a prefeitura entre em contato com apicultores da região, ou com a EMBRAPA, para que procedam com a remoção das abelhas.

Cabe aqui em elogio aos condutores responsáveis, que demonstraram segurança e tranqüilidade, conduzindo rapidamente a todos para um local foram do alcance das abelhas.

SDC15255

Alunas de famílias castelense integravam o grupo

SDC15266

Fábrica da Cachaça Mangueira

SDC15268

Alunos e professores conheceram todas as etapas da fabricação da cachaça

Read Full Post »

No último sábado (09/04), um grupo de alunos do ensino médio da Unidade Escolar Dona Rosaura Muniz, participaram de uma visita de campo pelos atrativos turísticos de Castelo do Piauí, sob a responsabilidade de Paulo Clímaco, que além de professor de história da turma, é também condutor de visitantes em Castelo. Além deste, foram conduzidos também por Naldo Oliveira, Igor Rafael e Carlos Henrique, todos membros da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – Condatur.

Os atrativos escolhidos foram os sítios arqueológicos da localidade Picos dos André, que apresenta um número elevado de inscrições rupestres (gravuras e pinturas). Em seguida conheceram também a Pedra do Castelo, com sua história e lendas, bem como a Cachoeira das Arraias, sendo que neste último, encontraram o grupo de aventureiros do Adrenalina Vertical, liderados por Maurício Chaves, instrutor de técnicas verticais, e aproveitaram para passear de bote pelo lado da cachoeira. Finalizaram a visita turística no portal de entrada da cidade.

sao_miguel2

Condutores fazendo abordagem inicial na Pedra do Castelo

sao_miguel3

Alunos de São Miguel no Salão dos Anjos

sao_miguel1

Estudantes passeando de bote no lago da cachoeira

sao_miguel6

Estudantes passeando de bote no lago da cachoeira

Outro importante grupo que esteve conosco no último fim de semana (09,10/04/11) foi formado por profissionais da empresa Predial Administradora de Condomínios, de Teresina. Os integrantes era Fátima Marques, Paula Melo e Neto Mineiro, sendo este último castelense e conhecedor do potencial turístico de nossa cidade, motivo pelo qual trouxe as colegas, que iniciaram o roteiro pela fábrica da Cachaça Mangueira, onde, conduzidos por Robson Miguel, presidente da Condatur, conheceram todas as etapas da produção da cachaça. Acompanharam o grupo as castelenses Layssa, Tuânny e Tainara.

Já na manhã de domingo, conheceram a Pedra do Castelo e em seguida rumaram a Cachoeira das Arraias, onde o grupo Adrenalina Vertical encerrava suas atividades.

mangueira_pedra_predial6

Neto, Fátima Marques, Paula Melo, Robson, Layssa e Tuânny

mangueira_pedra_predial8

Memorial Antonio Luiz Cardoso de Vasconcelos, na fábrica da Mangueira

mangueira_pedra_predial9

Funcionárias da Predial no setor de engarrafamento da Mangueira

mangueira_pedra_predial10

Recebendo brindes na fábrica da Mangueira

mangueira_pedra_predial2

Na Pedra do Castelo

mangueira_pedra_predial12

No interior da Pedra do Castelo

Read Full Post »

No último sábado (02/04), Castelo recebeu o maior grupo de visitantes do ano até o momento. Trata-se do Colégio Integrado Santo André, pertencente à rede particular de ensino de Teresina, que trouxe um grupo constituído por 87 alunos e professores para participarem de aula passeio em nossos atrativos turísticos.

colegio_integrado_stº_andre6

Alunos e professores chegando ao Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo

Ao chegarem ao Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo, foram recebidos por sete condutores (guias locais) associados à Condatur, que foram os responsáveis pelo roteiro dos estudantes. Na parte da manhã, conheceram a Pedra do Castelo, suas lendas e sua história. O condutor Augusto Júnior, vice-presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – Condatur, que também é professor de geografia, fez uma introdução à guisa de esclarecimento sobre a importância histórica de Castelo do Piauí no contexto estadual, tendo sido a sexta vila fundada na então província do Piauí, em 13 de setembro de 1762, com o nome de Vila de Marvão, inclusive com marvanenses participando da Batalha do Jenipapo, a única batalha sangrenta em prol da independência do Brasil. Além disso explanou aos visitantes, sobre o potencial que o município possui, com várias modalidades turísticas que já são trabalhadas e outras que estão sendo implantadas.

colegio_integrado_stº_andre7

Augusto Júnior durante conversa com o grupo

Em seguida, fizeram um trekking de aproximadamente 1 km até a Cachoeira das Arraias, que devido ao período chuvoso, está com sua queda d’água com volume considerável, favorecendo um banho agradabilíssimo em suas águas, renovando as energias de todos para o restante do roteiro.

colegio_integrado_stº_andre24

Banho na Cachoeira das Arraias

O almoço foi servido no Meire Restaurante e Pizzaria e na parte da tarde o grupo conheceu a fábrica da Cachaça Mangueira, com toda sua produção desde a chegada da cana-de-açúcar, passando pela moagem, fermentação, destilação, armazenamento em gigantescos barris com capacidade para 85 mil litros e finalmente o engarrafamento e estocagem da cachaça, que atualmente produz outros sabores como tuti frut, guaraná e limão, além de outros que estão sendo estudadas no laboratório da empresa.

colegio_integrado_stº_andre28

Visita ao pátio da Cachaça Mangueira

Já na localidade Picos dos André e guiados pelo condutor Carlos Henrique, morador local, conheceram a variedade de sítios arqueológicos do complexo Ninho do Urubu, com várias cavernas e imensos painéis repletos de arte rupestre em várias tonalidades, como o preto, amarelo, vermelho e branco, caracterizando a policromia. Pra não fugir à regra, ao final da visita na localidade, Carlos Henrique, profundo conhecedor da rotina do homem do campo, fez demonstrações de várias armadilhas usadas por seus antepassados para caçar animais silvestres e garantir a subsistência da família. Hoje as armadilhas se prestam apenas para demonstrações a grupos como este.

O roteiro foi finalizado no portal de entrada da cidade, cujas linhas arquitetônicas foram idealizadas pelo castelense e designer gráfico Juscelino Reis, que devido à imponência e beleza do monumento, hoje constitui-se em parada obrigatória para todo aquele que vier a Castelo do Piauí. Os condutores responsáveis pelo roteiro foram Naldo, James, Júnior, Gizelda, Carlos Henrique, Jair e Igor Rafael.

colegio_integrado_stº_andre4

Condutores responsáveis pelo roteiro do grupo

Veja mais fotos:

colegio_integrado_stº_andre12

Principal acesso ao interior da Pedra do Castelo

colegio_integrado_stº_andre14

Augusto Júnior falando sobre os vestígios arqueológicos locais

colegio_integrado_stº_andre19

Interior da Pedra do Castelo, onde antes as pessoas eram enterradas

colegio_integrado_stº_andre21

Parte superior da Pedra do Castelo

colegio_integrado_stº_andre25

Almoço no Meire Restaurante e Pizzaria

colegio_integrado_stº_andre3

Visita ao portal de entrada da cidade, finalizando a visita

colegio_integrado_stº_andre2

Painel com pinturas rupestres no Ninho do Urubu

colegio_integrado_stº_andre1

Passarelas nos sítios arqueológicos dos Picos dos André

 

colegio_integrado_stº_andre5

Ônibus usados pelo grupo

colegio_integrado_stº_andre13

Condutores Igor Rafael e Augusto Junior na entrada da Pedra do Castelo

colegio_integrado_stº_andre17

Estampa das camisetas usadas pelos estudantes, destacando atrativos de Castelo

colegio_integrado_stº_andre15

Local no interior da gruta usados pelos fiéis para depositarem os ex-votos dedicados a Nossa Senhora do Desterro

colegio_integrado_stº_andre20

Parte superior da Pedra do Castelo, próximo à clarabóia principal

colegio_integrado_stº_andre18

Carlinos, vigilante do Parque da Pedra do Castelo e condutor associado à Condatur

colegio_integrado_stº_andre16

Novamente no interior da Pedra do Castelo

Read Full Post »

No último sábado (12/02) o antropólogo Clodson dos Santos e a enfermeira Helen Freitas, ambos de São Raimundo Nonato, estiveram percorrendo os atrativos turísticos castelenses.

O percurso foi feito em motos de aluguel, uma opção para quem deseja estar mais em contato com a natureza, e o casal foi acompanhado pelo condutor Robson Miguel, presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – Condatur, e pelo moto-taxi Soares.

O roteiro escolhido contemplou na parte da manhã o Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo, o Mirante das Arraias e Cachoeira das Arraias, que mesmo a esta altura do período chuvoso ainda sem queda d’água, propiciou um banho relaxante em um dos vários olhos d’água que brotam da rocha em forma de bica. O período da tarde foi reservado para o cânion do rio São Miguel, na localidade Buritizinho, também uma ótima opção, já que além das formações rochosas intrigantes que formam o pequeno cânion, o local dispõe de uma barragem que proporciona um banho na medida certa para renovar as energias no final da tarde.

antropologo_castelo8

Pedra do Castelo

antropologo_castelo3

Rio São Miguel, localidade Buritizinho

antropologo_castelo2

Cânion do rio São Miguel

Read Full Post »

Older Posts »