Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Parreiral’

No último sábado (19/01), um grupo de 90 pessoas formado por alunos, professores e coordenadores da Escola Auristela Soares Lima, da Rede Estadual de Ensino na capital piauiense esteve em Castelo do Piauí visitando durante todo o dia alguns atrativos turísticos.

DSCF0292

O roteiro visitado começou pelo Parque Natural Municipal Pedra do Castelo, onde foram conduzidos pelos guias locais Augusto Júnior, Calos Henrique, Naldo Oliveira, James Alves, Iandra Lima e Edson Viana, todos membros da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR. Na ocasião o grupo conheceu todo o potencial que o atrativo possui, começando pela íntima ligação do suntuoso castelo rochoso com a história da cidade de Castelo do Piauí. Os guias abordaram os vários tipos de turismo que pode ser praticado, principalmente o religioso, responsável pelo maior fluxo de visitações, que ainda são feitas de forma desordenada, mas no decorrer deste ano com a implementação do Plano de Manejo do Parque, deverá ser feita obrigatoriamente com a presença de um condutor (guia local de turismo).

DSCF0298

Condutores Iandra Lima, Naldo Oliveira, Carlos Henrique, Augusto Júnior, James Alves e Edson Viana

Em seguida percorreram a trilha que dá acesso à Cachoeira das Arraias, cuja queda d’água ainda não está em sua plenitude, o que deverá ocorrer em breve, tendo em vista que já estamos em pleno período chuvoso.

DSCF0323

Cachoeira das Arraias

O almoço foi servido no Meire Restaurante e Pizzaria e na parte da tarde todos foram até a fábrica da Cachaça Mangueira, onde conheceram todas as etapas da fabricação da bebida. O sítio arqueológico Ninho do Urubu, situado na comunidade Picos dos André, também fez parte do roteiro, que foi concluído com uma parada em parreiral na zona urbana, com uvas das variedades verde e roxa, que já é passagem obrigatória para todos os turistas que passam pelo município.

DSCF0335

Almoço foi servido no Meire Restaurante e Pizzaria

A visitação acompanhada por um ou mais condutores de visitantes é importante, porque além de o turista conhecer a história local e as lendas que envolvem cada atrativo, também está envolvida a questão da segurança, pois nos atrativos naturais há sempre o perigo de insetos como abelhas, marimbondos e alguns animais peçonhentos. O condutor conhece a trilha, sabe onde estão as colmeias e o que fazer para não provocar as abelhas, conhece o percurso mais adequado a cada perfil de grupo, além do que, sua presença garante a preservação do local, diminuindo ou mesmo eliminando os impactos negativos causados pela visitação, como pichações, lixo, dentre outros.

 

Mais fotos:

DSCF0281DSCF0285DSCF0286DSCF0288DSCF0304DSCF0316DSCF0337DSCF0347DSCF0350DSCF0353DSCF0371DSCF0374DSCF0379DSCF0382DSCF0383

Read Full Post »