Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘UESPI’

Desde o início do ano de 2012, o Prof. Dr. Guilherme Fernandez Gondolo, biólogo paulista e diretor do campus da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, em Campo Maior, desenvolve uma pesquisa no rio Poti, na área adjacente ao Parque Natural Municipal Pedra do Castelo.

A pesquisa ocorre com apoio da Fundação Grupo Boticário e tem como foco o mapeamento das espécies de peixes que ocorrem neste trecho do Poti, bem como no Riacho da Palmeira, que corta toda a extensão do parque e origina a Cachoeira das Arraias.

FOTO1

Robson Lima (Coord. Municipal de Turismo em Castelo), Prof. Dr. Guilherme Gondolo (Diretor Campus UESPI em Campo Maior) e Augusto Júnior (Vice Presidente Condatur)

Na última sexta-feira (18/01), Guilherme Gongolo esteve em Castelo, onde participou de reunião com o Coordenador Municipal de Turismo Robson Lima e o Vice Presidente da Associação dos Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo – CONDATUR, Augusto Júnior, onde fez uma breve apresentação dos resultados de seu projeto, que deverá ser encerrado oficialmente em março vindouro. Dentre outras coisas, o pesquisador sugeriu uma parceria com a Condatur e Prefeitura Municipal para que o resultado de seu trabalho seja divulgado através de folders, material digital, banners e outros meios.

“Nesses meses de pesquisa, descobrimos muitas espécies exóticas naquela parte do Poti, muitas delas oriundas de outras partes do Brasil, como a Bacia Amazônica. Caso continuássemos com as coletas de espécimes, seria bem provável que encontrássemos peixes raros na região”, pontuo Guilherme Gondolo.

 

Clique aqui e acesse facebook da Condatur

Anúncios

Read Full Post »

Um grupo formado por acadêmicos do curso de História da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, campus de Campo Maior, esteve em Castelo no feriado de 21 de abril, onde além de visitarem a Pedra do Castelo e Cachoeira das Arraias, fizeram rapel neste último atrativo turístico.

O instrutor Thiago Regys, que pertence ao Grupo dos Desbravadores de Campo Maior foi o responsável pela segurança de todos os praticantes desse esporte de aventura. A professora universitária Claudia Oliva foi a responsável pela vinda dos estudantes a Castelo, que foram acompanhados pelos condutores Igor Rafael, Carlinos (vigilante do Parque Natural Municipal Pedra do Castelo) e Jair Silva, que além de condutor, é integrante da animada turma de estudantes.

Comentem a vontade!

 

rapel (14)  Condutores Jair Silva, Igor Rafael e Carlinos, em frente à Pedra do Castelo

rapel (16)

Acadêmicos no interior da Pedra do Castelo

rapel (2)

Ainda no interior da Pedra do Castelo

rapel (18)

O teto da Pedra do Castelo proporcionou uma vista panorâmica de todo o Parque

rapel (4)

Atravessando o Riacho da Palmeira, na trilha para Cachoeira das Arraias

rapel (9)

Cachoeira das Arraias, com sua queda exuberante nesta época do ano

rapel (13)

Estudante praticando rapel em paredão ao lado da Cachoeira das Arraias

Read Full Post »

Durante o dia de ontem (08) um grupo composto por 40 alunos da Universidade Estadual do Piauí – UESPI, dos cursos de Geografia e de Turismo, vieram participar de aula passeio sob a liderança da Profª Liege Moura, que também é assessora da Secretaria de Turismo do Estado do Piauí – SETUR.

Os atrativos visitados foram a Pedra do Castelo, Cachoeira das Arraias, Picos dos André, Museu do Tito e Igreja Matriz de Nossa Senhora do Desterro.

Confira fotos abaixo:

 

pedra1Pedra do Castelo 

 

liege1

Profª Liege e seus alunos na trilha para Cachoeira das Arraias

liege2

Após pequena caminhada, banho nas águas geladas da Cachoeira das Arraias

liege5

Alunos posando para foto durante visita à fábrica da Cachaça Mangueira

liege3

Ainda na fábrica da Mangueira, sendo acompanhados do funcionário Celio Matos

liege4

Fábrica da Cachaça Mangueira

liege6

Trilha para os sítios arqueológicos Picos dos André

alunos_boa_hora4

Pinturas rupestres no sítio arqueológico Ninho do Urubu, nos Picos dos André

Read Full Post »

Sábado (20) um grupo de acadêmicos do curso de Geografia do campus Clovis Moura, da UESPI, tendo a Profª Raquel como líder, passou por um pequeno susto logo no início da estrada que dá acesso ao Parque Natural Municipal da Pedra do Castelo.

Após visitar a indústria ECB Rochas e a fábrica da Cachaça Mangueira, o grupo partiu em direção à Pedra do Castelo. Logo na saída da PI 115 o ônibus ficou atolado, impossibilitando sua continuidade. Nem por isso o grupo desanimou. Sob a orientação dos condutores Jordâno Bruno e Carlos Henrique, os alunos fizeram uma trilha leve até a Pedra do Castelo, visitaram o local, fotografaram, conheceram a história e lendas e banharam no riacho da Palmeira. Devido ao avançado horário, não foi possível a visitação à cachoeira das Arraias, que ficou para data a ser confirmada.

 

geografia_uespi_pedradocastelo6Chegada à fábrica da Cachaça Mangueira 

 

geografia_uespi_pedradocastelo2

Tonéis de cachaça Mangueira

 

Enquanto os alunos continuavam com sua programação normal, uma empresa de Juazeiro (vamos ficar devendo o nome) e a Indústria Mangueira, mandaram duas carregadeiras para puxar o ônibus, o que aconteceu sem maiores danos.

 

geografia_uespi_pedradocastelo4Alunos descansando após o susto com o ônibus

 

geografia_uespi_pedradocastelo3 

Ônibus atolado na saída da PI 115 – tinha espaço suficiente para a manobra

A prefeitura de Castelo já tomou ciência e o trecho em questão deve ser restaurado nos próximos dias, muito embora ônibus de grande porte transitem sempre por ali.

 

MAIS FOTOS:

geografia_uespi_pedradocastelo5Estudantes reunidos para foto oficial em frente à Pedra do Castelo 

 

geografia_uespi_pedradocastelo7

Passeio pelas instalações da Fábrica da Mangueira

geografia_uespi_pedradocastelo8

Engenho onde é moída a cana para o fabrico da cachaça

geografia_uespi_pedradocastelo10

Moradora da fábrica da Mangueira – não peçonhenta

geografia_uespi_pedradocastelo11

Setor de destilação da cachaça

geografia_uespi_pedradocastelo12

Tonéis com capacidade para 90 mil litros de cachaça

Read Full Post »